quarta-feira, 23 de maio de 2018

Weber apoia mobilização contra
reajuste dos combustíveis 


O deputado Elton Weber (PSB) usou a Tribuna da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (22), para manifestar seu apoio a mobilização dos caminhoneiros no país. Para ele, a Petrobras estabeleceu uma política revoltante de elevação de preços dos combustíveis, que afeta agricultores, caminhoneiros e consumidores.

Ao lembrar a alta acumulada de 56,5% no preço do óleo diesel nas refinarias desde julho do ano passado, Weber frisou que os combustíveis estão entre os principais custos de produção e afetam diretamente os preços dos produtos agrícolas. Durante sua manifestação, destacou que em municípios como São Marcos, Augusto Pestana e Ijuí agricultores levaram tratores para as estradas, engrossando a manifestação. O parlamentar defendeu que nem o setor primário, nem caminhoneiros tem como repassar os reajustes para os preços.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Deputada Liziane instala Frente Parlamentar 
em Defesa da Nefrologia Gaúcha 


A Assembleia Legislativa instalou, na tarde desta segunda-feira (21), a Frente Parlamentar em Defesa da Nefrologia Gaúcha, que será presidida pela deputada Liziane Bayer (PSB). O principal objetivo da iniciativa, segundo a deputada, é instituir um fórum permanente de discussão e formulação de propostas para contribuir com a melhoria das condições de atendimento dos pacientes renais no Rio Grande do Sul.

“Sei, por conta da convivência pessoal, das dificuldades que os pacientes renais enfrentam no dia a dia. Por isso, faremos uma frente de resultados, que colabore para encontrar formas de garantir uma melhor remuneração para as clínicas, hospitais e profissionais da saúde, promova a conscientização para a necessidade de doação de órgãos e valorize as equipes médicas dedicadas aos transplantes”, declarou Liziane na cerimônia que reuniu médicos, pacientes, familiares e gestores da saúde no Salão Júlio de Castilhos da Assembleia Legislativa.

Cerca de 130 mil brasileiros são pacientes renais crônicos. Mais de 85% deles dependem do Sistema Único de Saúde para para realizar hemodiálise e diálise peritoneal. No entanto, o subfinanciamento do SUS tem provocado o fechamento de clínicas de nefrologia no País inteiro, restringindo o acesso ao tratamento. O alerta foi feito pela diretora do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers), Gisele Lobato. “A nefrologia está em situação delicada. Os repasses não dão conta da hemodiálise e da diálise. E nestes casos, não há fila de espera, Quem não tiver acesso, morre”, frisou.

Ela revelou ainda que as verbas destinadas a custear estes tratamentos em todo o País somam R$ 2,7 bilhões e estão congeladas há cinco anos.

A presidente da Sociedade Gaúcha de Nefrologia, Miriam Gomes, afirmou que os seis mil gaúchos que necessitam de diálise ou transplantes são atendidos por 60 clínicas, credenciadas pelo SUS. Em função dos baixos valores pagos, o Rio Grande do Sul, segundo ela, não tem aberto novas vagas. Além disso, medicações essenciais não têm sido fornecidas com regularidade, agravando, em muitos casos, a situação dos pacientes. Miriam defendeu o cofinanciamento para as sessões de diálise, a criação de um centro de vascularidade e a isenção de tributos para os prestadores de serviços.

Deputado Catarina solicita veículo para a Polícia Civil de Capão do Leão 



O deputado Catarina Paladini (PSB) entregou, nesta segunda-feira (21), ao Chefe da Polícia Civil, delegado Emerson Wendt, durante solenidade no Palácio Piratini, uma solicitação em nome da Associação Amigos da Segurança Pública de Capão do Leão (Aaspcl). No documento, reforçado pelo parlamentar e assinado pelo presidente da entidade, José Albano Cruz, e pelo vice-presidente, Deivid Nunes Damaceno, é feito o pedido de destinação de uma nova viatura para a Polícia Civil local.